2 de out de 2014

Livros e aquela turma sem igual

Oeeeeee, e aí, como estão? Não que eu tenha tantas novidades para contar. Eu iria me inscrever para a prova do Cefet de Angra dos Reis, mas eu ainda não tenho identidade, aí não deu pra fazer. Não estava muito animada com a possibilidade de sair da minha turma perfeita do curso de inglês mesmo, mas vamos ver se eu faço a prova ano que vem. Mas é sério, minha turma é muito perfeita. Acontece que lá, 90% do tempo nós rimos e conversamos sobre coisas tolas UHSUHSD. É lógico que tem a aula e tudo, a gente aprende direitinho (pelo menos eu), mas nós praticamos a arte do "mudar de assunto" com muita facilidade.

4 de set de 2014

Pensamentos aleatórios

As ideias citadas a seguir foram fruto da minha mais nova tentativa de estabelecer algo para falar sobre. Contêm spoiler. Unzinho só, nem faz mal.
Animados para A Esperança– parte 1? Sim, eu acabei de ler a trilogia e... vamos aos spoilers. O Finnick Odair morre. Pois é, estou com lágrimas nos olhos. Acho que senti a morte dele mais do que qualquer outro personagem do livro. Isso me torna insensível? Talvez. Talvez, porque ele era um personagem considerado lindo e convencido. Talvez, porque ele e Johanna Mason era considerados do mesmo tipo. O tipo que Katniss não perdoa. Eu também o consideraria um indivíduo não muito confiável, mas (leia a página de A Esperança)
O que vocês estão achando das eleições? Eu desligo a TV.
Pode parecer surreal, mas eu ando com muita vontade de me tornar uma modelo, ou de dançar balé. Costumo dizer que vou voltar a fazer as aulas, mas, na realidade, eu fiz balé tão pequena que acharia incrível eu conseguir dar uma pirueta sem cair. Estou vendo as fotos de algumas amigas na academia de dança e eu fico me imaginando pisando num palco novamente. Usando uma roupa apertada e bonitinha. Saltitando de acordo com o compasso da música. Usando um talento que eu ainda não tenho certeza se possuo ou não.
Agora vou falar sobre algo nada aleatório, que se chama Deus. Esse Deus, com D maiúsculo, que deu a vida do seu filho para nos livrar de pecados que ainda nem tínhamos cometido. Pode dizer que não tem nada para comprovar a existência dEle. Mas a própria ciência mostra que aquilo realmente foi um milagre. Ou que isto aqui aconteceu mesmo. Tem que ter mais fé para acreditar que somos resultados de uma explosão do que para crer em Deus.
Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. (2 Coríntios 5:7)
Alguns homens trouxeram-lhe um paralítico, deitado em sua maca. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: "Tenha bom ânimo, filho; os seus pecados estão perdoados". (Mateus 9:2)
Fé é conhecimento que se fundamenta na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos. (Tito 1:2)
O que importa é que Ele te ama. Ele quer te ter por perto. Ele quer ser tudo pra você.
Não quero te dar uma religião. Quero te mostrar um Deus que faria e fez tudo por você. Que não te abandonaria por nada. A imagem do início do texto não foi escolhida por bobeira. Você me esqueceria agora? Não abandone Deus nos momentos bons. Ele merece seu louvor por tudo o que Ele te dá e por tudo o que Ele é.
Fico por aqui.
Qualquer dia eu consigo organizar essas estrelas em constelações.